Hérnia de Disco

O que é hérnia de disco?

A hérnia de disco ocorre quando o disco intervertebral, devido a processo de desgaste agudo ou crônico, se rompe e seu interior sai e comprime os nervos ou a medula. Elas são mais comuns na coluna lombar, seguida da coluna cervical  e mais raramente podem ocorrer na coluna torácica.

 

Quais os sintomas da hérnia de disco?

O principal sintoma é a dor - ela pode ficar concentrada na coluna ou iniciar na coluna e se estender para as pernas (coluna lombar) ou braços (coluna cervical), percorrendo o trajeto dos nervos. Na coluna lombar pode causar a popular “dor do ciático”.

Nos casos mais graves pode ocorrer dormência ou fraqueza em pernas (coluna lombar) ou braços (coluna cervical). Ainda, na coluna cervical pode determinar compressão da medula espinhal, causando fraqueza em braços e pernas.

Como é feito o diagnóstico das hérnias de disco?

Os exames de imagem como Tomografia Computadorizada (TC) e Ressonância Magnética (RM) são os métodos mais indicados para o diagnóstico. A TC é um exame mais barato, mais rápido e amplamente disponível, porém pode não detectar lesões menores. A RM é um exame mais dispendioso, mais demorado e disponível em menos locais, porém é o mais indicado, uma vez que pode avaliar melhor a presença das hérnias e sua relação com os nervos.

Ainda, a Eletroneuromiografia, que serve para avaliar a função dos nervos tanto de pernas ou braços, pode ser usada para auxiliar no diagnóstico, especialmente em casos duvidosos.

Como é o tratamento clínico das hérnias de disco?

O tratamento inicial das hérnia de disco é clínico na maior parte dos casos. A abordagem multidisciplinar, com profissionais como médicos, fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogos é essencial para o sucesso do tratamento. Este, é realizado com medicamentos para controle da dor e reabilitação, e, em alguns casos, infiltração da coluna.

Quando é preciso de cirurgia para as hérnias de disco?

Nos casos em que a dor é insuportável ou não melhora com os tratamentos clínicos é indicado o tratamento cirúrgico. Na maioria das vezes, a cirurgia para remoção do fragmento do disco intervertebral ou sua totalidade (Cirurgia para Hérnia de Disco) é o tratamento de escolha.

Algumas vezes, o paciente apresenta desgaste maior do disco intervertebral ou escorregamento das vértebras (Espondilolistese), o que causa também dor lombar intensa. Nestes casos pode ser necessário a utilização de placas e parafusos para fixação da coluna vertebral (Artrodese da Coluna Lombar ou Artrodese da Coluna Cervical).

Qual o prognóstico das hérnia de disco?

Cerca de 90% das hérnias de disco é reabsorvida pelo organismo e os sintomas melhoram dentro de 1-2 anos, nestes casos o tratamento visa controle da dor durante este período. Quando é realizado tratamento cirúrgico, a maioria dos pacientes apresenta alívio quase imediato da dor no pós-operatório.

As hérnias de disco podem recidivar nos locais onde antes ocorreram ou novas hérnias pode surgir em outros níveis da coluna.

Dr. Cristian Ferrareze Nunes

Neurocirurgia

* Este texto é meramente informativo e não substitui a consulta com um médico.